Bosques nas cidades: a chapeuzinho e o lobo-mau?

No nosso mundo ideal, entre casas e prédios (baixos) de apartamentos, há lojinhas de bairro e também bosques, áreas livres e espaços para as brincadeiras infantis. As periferias das cidades brasileiras até tem esses elementos, mas estão longe do ideal. E não porque não correspondam a um padrão estético, mas porque, no cotidiano, há dificuldades práticas de uso e de gestão. Um bosque que vira terra-de-ninguém é um problema.

Curitiba_Google_Rua Ana Maria Foggiato Roda
BCBU na Rua Ana Maria Foggiato Roda, Sítio Cercado, Curitiba.

Em Curitiba, alguns bosques que existem em terrenos públicos em bairros mais pobres, ao invés de serem convertidos em parques (que são uma forma de garantir sua preservação), foram cercados e tiveram o uso público vetado. Em, como não são parques, foram denominados de outra forma: Bosque de Conservação da Biodiversidade Urbana (BCBU). Esta nova categoria, “que tem como objetivo a preservação de bancos genéticos”, contorna momentaneamente as dificuldades de gestão destes espaços.

Bosques em bairros mais pobres são frequentemente usados como depósito de lixo, de entulho e até de cadáveres. A população, que poderia até entendê-los como “a natureza perto de casa”, acaba por se incomodar e a temer atravessá-los, a temer as ruas ao redor. Cercado, o bosque ainda cumpre funções ambientais: melhora a qualidade do ar, retém água da chuva, pode proteger um curso d´água, conter árvores nativas, abrigar pássaros e pequenos animais. E requer muito menos vigilância e manutenção.

A municipalidade ainda tem como princípio tentar implantar uma calçada em volta da área, do lado de fora da cerca, para que as pessoas tenham como apreciar o bosque durante uma caminhada. Definitivamente está longe de ser ideal mas resolve por enquanto para o bosque, para os moradores do bairro, para o gestor. Quem sabe um dia as árvores, que não vão fugir, possam ser soltas e as pessoas possam conhecer por dentro o bosque que estão a preservar.

Texto: Francine Sakata.

Imagens: Google Earth.

Referências:

http://www.biocidade.curitiba.pr.gov.br/biocity/52.html

http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/curitiba-recebe-novo-bosque-de-conservacao-e-mais-duas-reservas-de-patrimonio-natural/32976

http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/mais-sete-areas-do-municipio-serao-transformadas-em-bosques-de-conservacao/34296

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s